Fique de olho nas finanças!

13º NO FIM DE ANO – COMO DIMINUIR O IMPACTO DO PAGAMENTO

Pensar no pagamento do 13º salário no final do ano pode ser motivo de grande agonia para pequenos empreendedores, com capital limitado e giro pequeno. Se você sofreu em 2016 com esse tema, talvez possa ter uma nova experiência, bem mais positiva, no próximo ano. Confira o que fazer caso esteja vivendo essa aflição e como se programar melhor para controlar o seu dinheiro e não ficar maluca com as contas quando chega a hora dos acertos.

 

NÃO ME PLANEJEI E ESTOU EM APUROS

Calma, você não é a única! Há muita gente na mesma sistuação. Existem duas saídas básicas para sair desse sufoco e uma alternativa legal para resolver o estrago:

  • Faça um financiamento no banco ou um empréstimo com terceiros;
  • Coloque seu dinheiro pessoal na jogada e vá pagando para si própria durante o ano que vem;
  • Caso não consiga o dinheiro de forma alguma, procure um advogado para entender as multas administrativas previstas com as quais você terá que arcar.

JOGO DE CINTURA PARA LIDAR COM OS FUNCIONÁRIOS

O impacto para as pessoas que estão esperando receber o 13º é enorme e esse será seu maior desafio. Como as pessoas que trabalham com você ficarão desmotivadas, isso poderá afetar as vendas criando uma bola de neve. Abra o jogo com seus funcionários e busque encontrar um caminho juntos para resolver a questão.

2017 NA PONTA DO LÁPIS
Para não passar por isso em 2017, comece desde já entendendo qual o custo real desses pagamentos no seu caixa. Eles costumam significar um mês de pagamentos a mais na folha líquida, ou seja, você precisa aprender a operar com um calendário de salários de treze meses. Uma boa forma de não fazer disso um pesadelo é separar mensalmente, uma parcela desses pagamentos, dividindo o custo do 13º salário em 12 parcelas. Claro que você não pode mexer nesse fundo, senão não adiantará de nada.

Outra boa ideia é aproveitar os meses de maior lucro para guardar um tanto a mais e cobrir os meses mais fracos. Você pode ainda, pagar a primeira parcela quando o funcionário sair de férias, em qualquer momento do ano. Isso é permitido por lei e tira o impacto do final do ano.
Em resumo, planejamento continua sendo a melhor ferramenta para não ter que apagar incêndios no final do ano. Se para esse ano você não conseguiu, coloque seus esforços direcionados para não passar esse sufoco ano que vem.

 

Seja uma revendedora Colmeia

Se você quer um negócio lucrativo para trabalhar no conforto do seu lar, então revender Moda Colmeia é uma excelente opção. A marca é a número 1 em moda jovem do Norte e Nordeste, com coleções atualizadas com as últimas tendências da moda e uma excelente aceitação pelo público feminino.

Para fazer parte do nosso time e se tornar uma de nossas revendedoras, você pode fazer seu cadastro pela internet e comprar todas as suas peças pelo nosso site. Isso é muito mais comodidade e tempo para você! Além disso, nas compras acima de R$1.000,00, você não paga o frete.

Confira nossa coleção e alcance sua independência financeira, basta clicar aqui!

 

Somos uma marca antenada com a moda com 24 anos de história pra contar. Nossa missão é oferecer aos nossos clientes o melhor do produto do mercado, mais fashion, com originalidade e variedade única.

Share:

Leave a reply

Que tal dar uma olhada em nossos últimos posts?

@modacolmeia

Siga-nos e fique por dentro de todas as novidades